Movimento Tudo de Cor se une ao Decor Social para revitalizar casa de acolhimento de crianças e jovens em São Paulo

Por meio de alguma obra e muita pintura, mais uma casa de acolhimento em São Paulo está ganhando cara nova. O projeto Decor Social – com o apoio da Tintas Coral, via movimento Tudo de Cor –, transformou os ambientes do SAICA Edel Quinn, na Zona Norte. A ação é uma forma de levar um pouco de alegria e autoestima a vidas dos jovens em situação de vulnerabilidade social.

Desde 2021, esta é a oitava instituição que ganha mais cor e decoração para inspirar seus moradores. Quase 3.200 litros de tintas já foram destinados às ações, que também contam com a parceria e voluntariado de diversos profissionais para a sua realização. No SAICA Edel Quinn, os ambientes foram projetados por arquitetas e designers de interiores, entre elas Cilene Dalben, Cris Moura, Heloisa Bee (parceria Neuroarq Academy), Juliana Haddad, Leticia Marchizelli, Monica Oliveira, Silvia Bitelli, Tatiana Kamikoga, Vivian Ventura, Viviane Mendonça e Waleska Gigio.

O SAICA Edel Quinn acolhe crianças e adolescentes, entre zero e 17 anos, em situação de vulnerabilidade. O local faz parte da organização social sem fins lucrativos Cor – Centro de Orientação à Família, que há 50 anos tem como missão proporcionar o respeito, a dignidade e a integridade de cada pessoa e família atendida.

Quase 430 litros de tinta ajudaram a colorir a casa de acolhimento na Zona Norte, cobrindo uma área de 2.520m², entre quartos, área externa e jardins, brinquedoteca, sala de reforço e de estar, refeitório, halls e corredores – beneficiando 54 pessoas, entre funcionários, crianças e adolescente, além das respectivas famílias.

Iniciativa sociocultural sustentável da Coral, o movimento Tudo de Cor fomenta ações dedicadas a colorir e transformar espaços, comunidades e pessoas. Ao longo de mais de 10 anos de história, já entregou mais de 2 mil projetos, com 17 mil imóveis renovados, 5,5 mil pintores formados, mais de 63 mil voluntários e 1,2 milhão de litros de tinta utilizados.

Deixe uma resposta