Pintou na Artesp completa 30 anos em setembro

A Revista Pintou na Artesp completa 30 anos em setembro. A publicação, que atualmente se consolidou como uma das principais fontes de informações do setor de tintas, nasceu em formato de boletim impresso em papel jornal, com oito páginas. “A Pintou na Artesp começou em formato tabloide, entregue mensalmente aos lojistas especializados em tintas, com índices econômicos, informações do setor e dicas de administração de lojas”, lembra Daniel Ribeiro responsável pela Comunicação da Associação dos Revendedores de Tintas (Artesp).

Em 1999, virou a Nova Revista Artesp, mas que durou pouco tempo. Na sequência veio a Show de Pinturas Artesp, feita em parceria com a Agnelo Editora. Com o fim do contrato, a revista voltou ao seu nome original.

Desde 2016, a revista alterou seu conteúdo editorial, dando mais foco em ferramentas e conteúdo para facilitar a gestão das lojas de tintas, ao invés de priorizar os produtos, como era padrão. “O manejo de produtos e o conhecimento dos detalhes nos processos de aplicação é um papel que ninguém melhor do que as indústrias pode exercer. Nosso papel foi entendido como o de fonte segura e inquestionável de conhecimento e informações para administração do varejo. Nos apoiamos no histórico positivo de vários associados para replicar modelos de sucesso”, aprontou Salvador Nascimento, diretor Operacional da Artesp.

Em 2020, com todas as restrições geradas pela pandemia do coronavírus (Covid-19), aliada ao desenvolvimento tecnológico, a Artesp notou a oportunidade de reinventar o seu principal veículo de comunicação. “Em 2020 não só nos tornamos referência de informações com credibilidade, como também modernizamos a revista, com uma versão digital totalmente interativa”, explicou Daniel Ribeiro. “O fato de ser digital, nos permite a conversar com nossos outros meios de comunicação, com nossos perfis no Linkedin, Instagram, Facebook, Youtube e Spotify, além do site de notícias, através dos links”, completou.

A última edição da revista Pintou na Artesp é a de número 84, que você pode ler aqui. Para acessas as demais edições, clique aqui.

Deixe uma resposta