Papo de lojistas vai debater logística reversa

A Associação dos Revendedores de Tintas realiza, na próxima quarta-feira (30), às 18h, mais um Papo de Lojista. Desta vez, o assunto será logística reversa. A segunda fase da implantação do programa Prolata de coleta de latas de tinta pós-consumo já começou na Baixada Santista (SP).

A primeira fase do programa foi considerada um sucesso. Santos, São Vicente, Guarujá e Itanhaém recolheram, juntas, mais de 400 quilos de latas de tintas deixadas nos pontos de entrega voluntária (PEV) instaladas nas revendas especializadas em tintas. Agora chegou a vez de Bertioga, Praia Grande, Mongaguá, Peruíbe e Cubatão.

“Estamos muito satisfeitos com o resultado conquistado até agora. Isso nos traz a certeza de que esse projeto tem de ser ampliado para todo o Brasil, agora que a Artesp é Nacional. Porém, é um processo que leva algum tempo, até se estabelecer”, explicou Salvador Nascimento, diretor de Operações da Artesp, que será um dos convidados do programa.

De acordo com plano de ação definido no Termo de Cooperação Ambiental celebrado, em novembro de 2028, entre o Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema), do Ministério Público de São Paulo; a Artesp, a Associação Brasileira de Embalagem de Aço (Abeaço), criadora e coordenadora da Prolata; e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas (Abrafati), toda a estrutura das cooperativas e das lojas de tintas participantes desta nova etapa tem de estar pronta até o final do ano.

Thais Fagury, residente da Abeaço e diretora da Prolata, vai contar um pouco de como está este processo. Além dela, também vai participar Fabio Humberg, diretor de Comunicação e Relações Institucionais da Abrafati, para dar o panorama das fabricantes sobre o tema. O bate-papo será intermediado pelo jornalista Rodrigo Zevzikovas e transmitido pelos canais da Artesp no Youtube e no Facebook.

Deixe uma resposta