Axalta se torna fornecedora oficial de tintas da Stock Car Brasil

A Axalta anuncia que será a fornecedora oficial de tintas da Stock Car Pro Series no Brasil, a principal categoria de esportes automobilísticos do país. A competição completa 42 anos de tradição e reúne os melhores pilotos.

Por meio desta parceria, os especialistas do laboratório e da fábrica da Axalta trabalharam juntos a fim de identificar o produto certo para os carros que participam do campeonato, considerando a performance que eles precisam ter na pista e a variedade de cores que cada veículo exige. A tecnologia de Duxone® foi a escolhida devido a sua grande oferta de pigmentos e ferramentas de ajuste de cor. No grid deste ano, a competição tem 17 equipes com pelo menos 30 carros confirmados. Duas vagas ainda podem ser anunciadas nos próximos dias, atingindo o limite máximo de 32 carros no grid.

“Nós estamos muito felizes em ter a Axalta entre nossos patrocinadores, pois este acordo nos oferece toda a tecnologia disponível no seu setor de atuação. Os carros da Stock serão pintados com toda a qualidade e tecnologia das tintas da Axalta. A Stock Car representa uma grande oportunidade para a marca, já que é o maior evento de automobilismo do Brasil. Certamente, essa parceria irá somar ao que esperamos ser uma grande temporada”, diz Fernando Julianelli, CEO da Vicar, empresa responsável por Stock Car, Stock Car Light e Turismo Nacional.

“Na Axalta, estamos todos orgulhosos de nos unir à Stock Car e de nos tornarmos o fornecedor oficial de tintas de uma categoria automobilística tão importante. Estamos animados para ver as nossas cores e revestimentos nas pistas”, destaca Mateus Aquino, presidente da Axalta Brasil. A Axalta também confirma que o patrocínio ao piloto Gabriel Casagrande, um dos finalistas na disputa pelo título em 2020, continua este ano.

A temporada 2021 da Stock Car Brasil começa em 25 de abril, no Autódromo Internacional Ayrton Senna em Londrina (PR), e terá 12 etapas. Assim como em 2020, devido à pandemia, todas as diretrizes sanitárias e de saúde serão seguidas e as corridas não terão torcida presencial. Essa data de início pode ser alterada com base na situação da Covid-19 no Brasil.

Deixe uma resposta