Varejo 4.0: análise de dados e saber usá-los

As empresas estão precisando se adaptar com novas ações e hábitos de consumo. Afinal, a população encontra-se em quarentena há mais de 100 dias e compras em e-commerce estão crescendo de modo significativo. Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, houve um crescimento em 40% de transações realizadas por ambientes virtuais entre março e abril de 2020.

Um cenário de muitos questionamentos feitos pelos empresários varejistas, de como manter a relevância para a sua marca e reter lealdade e confiança do cliente físico e do on-line. É uma corrida pela conquista do consumidor em meio a um mercado tão concorrido.

Portanto, é uma condição que requer análises avançadas. Uma relação do comportamento com a análise baseada em geolocalização pode ser mais um desafio que busca por informações para otimizar o marketing e os valores para geração de receita.

São constatações que exigem alterações na hora de pensar e de decidir para manter uma competitividade, e não são questões referentes somente à venda e captação de clientes, mas em todo o processo de organização da empresa.

A transformação digital proporciona um ambiente físico tradicional para um on-line moderno, unindo diversos fluxos de trabalhos que devem ser adaptados para a velocidade dos negócios. É nesse sentido que os varejistas estão se transformando, o chamado Varejo 4.0.

Essa transição para o Varejo 4.0 exige uma cultura privilegiada à análise de dados, pois há uma variedade de informações e muita complexidade. Entretanto, é importante ter a capacidade de acessar os dados, que estão presentes em diversos sistemas, para garantir a qualidade e buscar enriquecer a organização empresarial.

Para se obter algo sofisticado que as análises necessitam é preciso da realização de um diagnóstico, pensar e modelar futuros cenários com análise preditiva, compartilhar informações com a equipe e divulgar os resultados da maneira mais fácil possível. É garantir dados atualizados e consistentes e oferecer aos tomadores de decisão autonomia.

Deixe uma resposta