Pesquisa revela sinais de retomada para o varejo

O setor de vendas em varejo cresceu 13,9% em maio, um aumento considerado histórico desde janeiro de 2000. Mesmo que no acúmulo deste ano o varejo tenha registrado uma queda de 3,9%. Estes dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) que é divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a pesquisa, no país o registro de crescimento ainda é insuficiente para o varejo recuperar as perdas de março e abril, que refletem as medidas de prevenção para o controle da diminuição da proliferação do coronavírus.

Segundo Cristiano Santos, gerente da pesquisa, “o crescimento foi de grande percentual, mas temos que ver que a base de comparação foi muito baixa. Se observarmos apenas o indicador mensal, temos um cenário de crescimento, mas ao olhar para os outros indicadores, como a comparação com o mês anterior, vemos que o cenário é de queda”.

Portanto, o levantamento esclarece uma perda de ritmo dos impactos causados pela Covid-19. Afinal, ao avaliar os dados de todas as empresas participantes da pesquisa, 18,1% afirma ter tido impacto em suas receitas em maio. Já em abril, a estatística era de 28,1%. Sendo assim, há um indicativo de crescimento nas atividades das empresas brasileiras.

Deixe uma resposta