Decreto municipal de Guararema cita loja de tintas em liberação de funcionamento

Decreto Municipal de Guararema, assinado nesta terça-feira (31), foi o primeiro a citar especificamente lojas de tintas na liberação de funcionamento, “considerando que estas atividades fornecem produtos necessários para a realização de reparos civis emergenciais, bem como mantes o funcionamento da construção civil e indústria, com a obrigação de observar e colocar em prática todos os meios de higiene e prevenção contra o contágio do Covid 19.”

“neste caso em específico, o entendimento é traduzido de forma literal, o que seguramente instruirá os entes fiscalizadores. Em outras cidades a interpretação é dúbia e o risco da fiscalização insistir no fechamento das lojas de tintas têm acontecido. Continuamos a atuar junto às autoridades para uma uniformização dos critérios a favor da abertura das lojas de tintas”, explicou Salvador Nascimento, diretor operacional da Associação dos Revendedores de tintas do Estado de São Paulo.

O texto menciona ainda as precauções que devem ser tomadas para o atendimento ao público, como disponibilizar máscaras e álcool em gel para todas as pessoas com atendimento direto ao público e aos operadores de caixas; demarcar no solo distância de 2 metros entre cada cliente que aguarda na fila e constante higienização do local, entre outros.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.