Vedacit Labs anuncia startups escolhidas

O Vedacit Labs, primeiro Programa de Inovação Aberta do mercado de impermeabilização, anuncia as cinco startups escolhidas para o segundo ciclo. São elas: ConnectData, Omni-electronica, ambas de São Paulo (SP), Construct In, de Porto Alegre (RS), Elixir AI, de Pelotas (RS) e Prevision, de Florianópolis (SC).

Mais de 400 startups de todo o país se cadastraram para participar. A região Sudeste concentrou o maior número de interessados, seguida pelo Sul e Nordeste. Foram 37 selecionadas para entrevista e 15 participaram do Pitch Day para a seleção final.

As cinco escolhidas recebem um Seed Money no valor de R$ 100 mil reais, cada uma, seis meses de residência no WeWork em São Paulo, quatro meses de aceleração em parceria com a Liga Ventures e um investimento de até R$ 100 mil como incentivo para geração de negócios no segmento de construção civil.

Líder do mercado de impermeabilização, a Vedacit investiu cerca de R$2 milhões no Programa. Com ele, espera ampliar a oferta de soluções ao segmento de construção civil, disponibilizando produtos, serviços e tecnologias, além de ganhar agilidade e inovação por meio das construtechs.

Todas as selecionadas são soluções tecnológicas para a construção civil. A Omni-electronica tem a missão de potencializar a interação entre pessoas e os ambientes que ocupam. Por meio de IoT (Internet of Things) e uma plataforma de IA (Inteligência Artificial) enxerga as necessidades reais de cada edifício.

A ConnectData oferece tecnologia IoT para controle e tomada de decisões sobre produtividade, eficiência e segurança na construção civil, do supply-chain ao canteiro de obras.

A Construct In é uma plataforma que permite a documentação e o acompanhamento de obras através do uso de uma câmera 360º no canteiro, uma solução focada em construtoras e gerenciadoras.

A ElixirAI possui uma plataforma de IA que auxilia nos processos de S&OP, Previsão de Demanda, Compras e Planejamento, para médias e grandes indústrias.

Já a Prevision tem um software que traz agilidade para o planejamento e gestão. Com uma comunicação compartilhada, é possível determinar o melhor cenário físico-econômico, com visão do status, indicadores e gráficos didáticos de todas as obras em uma só tela.

O executivo de Inovação e Sustentabilidade da Vedacit, Luis Fernando Guggenberger, conta que o processo seletivo foi acirrado, com muitas soluções promissoras. “Os resultados conquistados no primeiro ciclo foram além do esperado. Nesta segunda etapa pretendermos ampliar o relacionamento e aprimorar iniciativas que preencham a lacuna de tecnologia na construção civil. As escolhidas oferecem soluções que podem ser complementares com outros serviços, ampliando ainda mais as possibilidades. A expectativa é grande com o que está por vir”, afirma.

Primeira empresa do segmento a lançar um programa de aceleração corporativa, a Vedacit quer ser referência no campo do empreendedorismo voltado para as construtechs no Brasil. O terceiro ciclo já está confirmado para este ano. As inscrições serão abertas no segundo semestre.

A empresa também é parceira do InovAtiva Brasil, programa gratuito do Ministério da Economia para promover a conexão das startups aceleradas com oportunidades de negócios no mercado privado, gerando empregos qualificados, renda e nutrindo o ecossistema brasileiro de empreendedorismo inovador. O Programa já acelerou mais de 920 startups. As inscrições para o próximo ciclo estão abertas e podem ser feitas pelo site https://www.inovativabrasil.com.br.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.