weg15

A Vedacit é a nova signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), uma iniciativa voluntária para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Ao integrar a Rede Brasil do Pacto Global a Vedacit se compromete a reportar anualmente o progresso em relação aos dez princípios. “A sustentabilidade é um direcionador fundamental para o nosso negócio e faz parte da agenda estratégica da companhia. Realizamos estudos para definirmos os temas que iremos priorizar e queremos ser referência até 2025. Nesse ano, estruturamos as áreas internas e em 2020 iremos lançar as metas para os próximos anos”, afirma Luis Fernando Guggenberger, executivo de Inovação e Sustentabilidade da Vedacit.

O objetivo do Pacto é estimular a evolução constante das práticas internas de sustentabilidade, fornecendo diretrizes para a promoção do crescimento sustentável e da cidadania, por meio de lideranças corporativas comprometidas e inovadoras.

Com a criação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o Pacto Global também assumiu a missão de engajar o setor privado nesta agenda. “Ao incorporar os ODS na estratégia do negócio, a Vedacit antecipa tendências e novas oportunidades, além de assumir publicamente a responsabilidade de contribuir para o alcance da agenda global de sustentabilidade, conhecida como Agenda 2030, que inclui reduzir drasticamente as emissões de gases com efeito estufa até 2030”, acrescenta Marcos Bicudo, presidente da Vedacit.

A Agenda 2030 representa o esforço conjunto de países, empresas, sociedade civil e demais instituições em assegurar os direitos humanos, erradicar a pobreza, a desigualdade, as injustiças sociais e garantir um ambiente sadio por meio da redução do impacto ambiental das atividades humanas.

Criado em 2000, o Pacto Global foi idealizado pelo ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan e dá aos membros acesso a ferramentas que contribuirão para ampliar o envolvimento da Vedacit com os temas de sustentabilidade e com as discussões na área. Também possibilita a participação em programas locais e internacionais, dentre os quais os grupos temáticos que conduzem projetos nas áreas de Água, Alimentos e Agricultura, Anticorrupção, Direitos Humanos e Trabalho, Energia e Clima e ODS. As empresas que quiserem fazer parte, podem encontrar mais informações em www.pactoglobal.org.br.

Os dez Princípios do Pacto Global:

1 – Direitos Humanos – as empresas devem apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente.

2 – Direitos Humanos – Assegurar-se da sua não participação em violações destes direitos.

3 – Trabalho – as empresas devem apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva.

4 – Trabalho – A eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.

5 – Trabalho – A abolição efetiva do trabalho infantil.

6 – Trabalho – Eliminar a discriminação no emprego.

7 – Meio Ambiente – As empresas devem apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais.

8 – Meio Ambiente – Desenvolver iniciativas para promover mais responsabilidade ambiental.

9 – Meio Ambiente – Incentivar o desenvolvimento e difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis. 10 – Anticorrupção – As empresas devem combater a corrupção em todas as duas formas, inclusive extorsão e propina.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.