Sherwin-Williams renova semáforos em São José do Rio Preto

Quase 2.000 litros de tintas serão utilizados para renovar 660 semáforos nos oito corredores principais de São José do Rio Preto, em São Paulo. A ação é realizada pela Sherwin-Williams, que desenvolveu um tom específico para a revitalização dos aparelhos.

A cor foi criada no laboratório da empresa em Sumaré e recebeu o nome de Cinza Constroeste, um cinza escuro que leva o nome da construtora que assina o projeto com a Sherwin-Williams.

Os galões de tinta serão utilizados para restaurar 230 semáforos pé e braço, específicos para veículos automotores, e 430 semáforos para pedestres, com durabilidade de cinco anos, em média.

A ação contará com 184 galões de Primer e 280 galões de tinta para acabamento, totalizando 5.678 m² de área pintada e 1.830 litros utilizados. São José do Rio Preto tem aproximadamente 400.000 habitantes.