Parceiro de peso

O cenário econômico brasileiro desfavorável já virou tema recorrente nas mais variadas rodas de conversas. Independente da classe social ou nível profissional, todo mundo tem uma opinião para dar sobre o assunto. Mas, a grande verdade é que pouca gente faz alguma coisa. Por isso, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) preparou a cartilha “Alavanque sua empresa em tempos de turbulência”.

Nesta cartilha os especialistas levam o empresário a refletir como está a gestão de sua empresa e recomendam algumas soluções que podem tirar o negócio do vermelho, com foco no caixa, custos, vendas, compras e pessoas da sua empresa e entre outras ferramentas de gestão empresarial.

A figura abaixo exemplifica quais os pontos de atenção que o empresário deve ter para melhorar a situação de sua empresa.

O sucesso da publicação foi tão grande que o Sebrae-SP decidiu ir além. Criou seminários para os empresários aprenderem como enfrentar a crise. O objetivo é passar soluções de gestão empresarial nas áreas de marketing, de gestão de pessoas e de finanças para que as micro e pequenas empresas possam enfrentar e superar os momentos de turbulência.

O Sebrae-SP, através do escritório regional Capital Leste I, detectou que alguns segmentos demandavam ações voltadas ao aprimoramento da gestão específica. Lançou-se assim, uma proposta de organização em grupos por setor com ações ajustadas a cada segmento, entre eles o de empresários do comércio de material de construção.

Este programa busca conhecer as reais necessidades das empresas do segmento e, na sequência, a aplicação de soluções (coletivas e individuais), mediante uma série de capacitações, oficinas e outras atividades em todas as áreas de gestão empresarial ajustadas em seu segmento. O empresário é acompanhado durante este período em busca de desenvolver alguns indicadores e metas, entre eles, o objetivo de aumentar em 10% o faturamento de sua loja e ainda a redução de custos para a alavancagem do negócio.

“Este programa tem como objetivo o aprimoramento da gestão dos empresários do Comércio de Material de Construção, o grupo piloto da zona leste, com o intuito de desenvolver alguns indicadores e metas, entre eles o objetivo de aumentar em 10% o faturamento de sua loja e ainda a redução de custos para a alavancagem do negócio”, explicou Alexandre Giraldi Moreira, consultor de Marketing do escritório regional Capital Leste I do Sebrae-SP.

Ainda, restam algumas vagas, nas quais as empresas interessadas realizam um diagnóstico de gestão empresarial que avalia oito áreas empresariais: Liderança, Estratégias e planos, Clientes, Sociedade, Informação e Conhecimento, Pessoas, Processos e Resultados.

O intuito de avaliar individualmente a necessidade de cada empresa é para desenvolver o conteúdo customizado para a área em questão. “Os empresários buscam melhorar sua gestão para aumentar suas vendas, gerenciar seu caixa e reduzir custos em sua loja”, disse Moreira.

O programa, que dura de 6 a 8 meses, tem o propósito de trabalhar com o compartilhamento de informação entre o próprio grupo piloto e os demais detentores de conhecimento. Os grupos são divididos em no mínimo 15 e no máximo 20 empresas para trabalhar uma proximidade ainda maior.

O Empresário que estiver engajado a participar dos encontros e colocar em prática o que foi apresentado deve entrar em contato com o Sebrae Tatuapé pelo telefone (11) 2090-4250 ou por e-mail: ercleste@sebraesp.com.br, informando o CNPJ de sua empresa e dados para contato.

Deixe uma resposta