modernismo

A Tintas Eucatex elegeu Modernismo como a cor do ano 2020. O anúncio foi feito num evento para a imprensa especializada, nesta quinta-feira (7), em São Paulo. A escolha se deu após estudo realizado em parceria com a consultoria de tendências Tendere, que considerou qual tom melhor agrega os significados de acolhimento e ternura, apresentados como um alento para enfrentar os tempos de crise e acirramento das opiniões divergentes.

“Com todos os seus significados, Modernismo nos faz pensar sobre trabalhar em direção a um futuro melhor independente dos cenários acelerados e nebulosos. Nosso objetivo é incentivar o diálogo e entendimento, em contrapartida ao confronto e à violência”, afirmou Argemiro Sanches, gerente de Marketing da Tintas Eucatex.

O tom Modernismo é rosa claro, levemente acinzentado e com nuances sutis de azul, que – segundo a fabricante – traduz as emoções de afeto, compreensão, doçura e prosperidade, refletindo uma necessidade dos tempos atuais.

Aliada aos tons azulados, traz equilíbrio e serenidade para a contemporaneidade acelerada, conflituosa e hiperestimulada, enquanto sua nítida dose de cinza remete à elegância e ao controle das emoções, resultando em uma tonalidade sofisticada.

A cor ainda remete à nossa história e à herança da arquitetura colonial e a um dos movimentos mais célebres do cenário artístico do Brasil: o Modernismo, de artistas como Alfredo Volpi, Candido Portinari, Di Cavalcanti, entre outros, dando nome então à tonalidade escolhida para 2020.

Para chegar à tonalidade, as Tintas Eucatex reuniram um grupo multidisciplinar de profissionais com olhar voltado para os quatros grupos de gostos de consumidores identificados no cenário brasileiro, dentro do estudo feito pela consultoria: Natureza Exuberante, Luzes da Cidade, Beleza Nativa e Olhar Sutil.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.