destaque crise

A Prefeitura Municipal de Bertioga publicou um decreto na quarta-feira (25), que altera o decreto do dia anterior (24), que estabeleceu determinações para os comércios prestadores de serviços de oficina mecânica, centro automotivos, manutenções e reparações de ar condicionado, motores, refrigeradores e similares, para acrescer as condições de funcionamento das lojas de materiais de construção e de fornecedores de insumos, ferramentas e equipamentos para a construção civil.

O texto – que esclarece as condições de funcionamento dos comércios de materiais de construção, bem como dos fornecedores de insumos, materiais, ferramentas e equipamentos para a construção civil – estabelece que “cada comércio, observadas suas demandas, local de funcionamento e condições de ventilação, deverão operar, preferencialmente, em sendo possível, com as portas fechadas e, não havendo possibilidade de fechamento total destas, deverão mantê-las 50% (cinquenta por cento) abertas para ventilação, estabelecendo restrição no acesso de pessoas em seu interior, bem como operando sob o sistema de rodízio de seus funcionários, para impedir aglomerações internas.”

O decreto orienta ainda que as lojas devem realizar, ao máximo, a higienização das superfícies de contato existentes no local de trabalho e estabelecer efetivo controle de acesso, evitando-se aglomerações em seu interior.

Ainda segundo o texto, “As vendas presenciais deverão ser evitadas, priorizando-se a compra pelos canais virtuais, telefone ou através de prévio agendamento, no intuito de se evitar aglomerações.”

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.