juan-moncada-eastman

Eastman nomeia Juan Moncada diretor na AL

A Eastman Chemical Company recebe Juan Moncada como seu novo diretor Geral da Região América Latina. Ao longo de sua carreira de 25 anos na Eastman, Juan ocupou vários cargos nas áreas de vendas, marketing, cadeia de suprimentos e gestão de negócios, o que lhe proporcionou a oportunidade de residir em diversos lugares com sua família. Seu cargo mais recente foi Diretor de Negócios para Intermediários Químicos, posição na qual liderou uma equipe na missão de transformar a Eastman na empresa número 1 em plastificantes não-ftalatos e álcool Oxo nas Américas.

Com o objetivo de dar continuidade ao sucesso de seu antecessor e consolidar ainda mais as muitas operações da Eastman na região, Moncada planeja manter o crescimento regional da empresa com foco em inovação e na expansão dos mercados nos quais a Eastman entrou recentemente. “Nós tivemos uma taxa de desenvolvimento sólida nos últimos anos na região, mas enxergamos potencial para um crescimento ainda maior do negócio na América Latina, especialmente no Brasil. Pretendemos explorar isso com os segmentos de negócios já estabelecidos, e também com os novos, provenientes de nossas aquisições recentes, como a proteção de cultivos, os produtos químicos de cuidados e de nutrição animal, além da Eastman Aviation Solutions”, revelou Moncada.

A Eastman adquiriu a Aviation Turbine da BP Oil Business (agora parte da Eastman Aviation Solutions) e a Taminco, uma indústria de aminas e proteção de cultivos, no segundo semestre de 2014, e tem, desde então, trabalhado na integração dessas companhias e no seu restabelecimento sob a identidade corporativa da Eastman. “No ano passado, o mercado reagiu bem ao nosso esforço nestes novos negócios e nós incorporamos com sucesso as equipes da Taminco e da BP globalmente. Agora que a nossa posição se solidificou, é a oportunidade perfeita para nos concentrarmos em crescimento e inovação”, disse o novo diretor-gerente.

Considerando o cenário político e econômico na região, particularmente no Brasil, Moncada está preparado e ansioso para enfrentar os muitos desafios gerados pelo comprometimento necessário para liderar toda a operação da Eastman na América Latina. “A América Latina está passando por uma transformação fundamental para o seu desenvolvimento positivo e estou confiante de que, em breve, começaremos a ver sinais auspiciosos de recuperação”, disse Juan Moncada.

A Eastman opera no Brasil desde 1978 e o país representa atualmente cerca de um terço dos negócios na região. A empresa começou a produzir no país em 2011 ao adquirir Scandiflex, e desde então, continua comprometida com o crescimento regional sustentável.

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.