Basf economia circular

Basf adere às iniciativas da Ellen MacArthur Foundation para economia circular

A Basf, empresa química líder mundial, anunciou hoje sua participação em dois programas da Ellen MacArthur Foundation para desenvolver ainda mais suas soluções existentes relacionadas à economia circular.

Fundada em 2010, a Ellen MacArthur Foundation trabalha com empresas, governo e academia para construir um modelo de economia restaurador e regenerativo. A transição de uma economia linear para uma economia mais circular pode trazer mudanças significativas nos modelos de negócios e fornecer valor adicional entre as indústrias e na sociedade. O objetivo é desenvolver uma alternativa atrativa e viável ao modelo linear atual de “take, make, dispose“, tradução livre “retira, produza, descarte”. A indústria química desempenha um papel fundamental nesta transição devido ao seu poder de inovação.

“A economia circular é muito mais do que a gestão de resíduos. Requer mudanças substanciais em termos de comportamento e uso de tecnologia. O conceito da economia circular não pode estar restrito às operações da própria empresa. Ele precisa atravessar a cadeia de valor para ter sentido e fornecer valor aos clientes e fornecedores”, disse Dirk Voeste, vice-presidente de Estratégia de Sustentabilidade da Basf. “Um conceito de economia circular inteligente tem que estar integrado no desenvolvimento de produtos, nos processos de produção, na utilização e reutilização de sistemas desde o início. “

A Basf aderiu ao programa “Circular Economy 100” da Foundation para praticar o conceito não apenas nas suas próprias operações, mas também para realizar a economia circular junto com outros inovadores e organizações. O envolvimento de vários stakeholders na plataforma oferece oportunidades adicionais para aprender e colaborar com parceiros ao longo da cadeia de valor.

“Criada para permitir que as organizações aprendam, desenvolvam competências, trabalhem em rede e colaborem, a CE100 reúne líderes e inovadores de todo o mundo, para abrir novas oportunidades decorrentes da abordagem da economia circular. Estamos felizes por receber a Basf no programa pois eles podem oferecer sua perspectiva única sobre o papel fundamental que a química desempenha no desenvolvimento de novos processos e soluções em toda a cadeia de valor “, disse Casper Jorna, líder do programa CE100.

A Basf também se tornou membro da nova iniciativa da Foundation “New Plastics Economy“, que reúne os principais stakeholders para repensar e redesenhar o futuro dos plásticos, começando com a embalagem. Aqui, a Basf trabalhará em estreita colaboração com os participantes da iniciativa para acelerar a transição rumo a uma economia circular para os plásticos, garantindo ao mesmo tempo que, benefícios como a proteção dos alimentos, sejam respeitados.

“Como um fabricante com um amplo portfólio de plásticos para as indústrias automotiva, de eletrodomésticos, construção e embalagens, podemos contribuir para a plataforma da Foundation com uma vasta experiência em plásticos no tocante a suas propriedades e oportunidades de reciclagem”, disse o Dr. Jens Hamprecht, Chefe de Desenvolvimento de Mercado de Biopolímeros. “Podemos, por exemplo, compartilhar também a nossa experiência relevante com plásticos biodegradáveis e plásticos parcialmente biológicos, como o nosso ecovio®, em aplicações como a coleta de resíduos biológicos”.

Saiba mais sobre a economia circular na BASF:

Circular economy: A visionary roadmap?

Video by BASF “How to use close the loop”

Comments are closed, but trackbacks and pingbacks are open.