Artesp inicia ciclo de palestras

 “Investindo em Tempos de Crise – Como entender e se relacionar com oMercado Financeiro”, foi o tema do primeiro evento

 

“Investindo em Tempos de Crise – Como entender e se relacionar com o Mercado Financeiro”, esse foi o tema da primeira palestra de uma série que a diretoria da

Associação dos Revendedores de Tintas do Estado de São Paulo (Artesp) vai oferecer aos seus associados a partir de agora.

A palestra, proferida pelo professor Dr. Renaldo A. Gonsalves, economista, consultor e vice-presidente da Faculdade de Ciências Atuariais da PUC/SP, foi realizada no dia 18

de maio, no Auditório da sede da Artesp.

Jeanderson Ricardo Santaguita, novo presidente da Artesp, afirmou que o evento inicia uma agenda mais plena de planejamento estratégicos para os lojistas. “Nós queremos

trazer cada vez mais os revendedores para a Associação, para juntos alcançarmos uma patamar melhor no nosso mercado.”

O professor, que é autor do livro “Matemática Financeira: Guia para investidores no mercado financeiro e de capitais”, começou falando sobre como entender e se

relacionar com o mercado financeiro.

Gonsalves disse que as escolhas que a gente faz modifica o mercado. “Quem rege o mercado é o consumidor. Todos os dias consumimos um número incontável de bens e

serviços, desde a hora que acordamos até o final do nosso dia. Entretanto, sempre acreditamos que esses produtos estarão disponíveis no momento certo e na

quantidade adequada para o nosso uso. Frequentemente, trocamos os nossos produtos por outros novos, e nessa troca buscamos mais eficiência, um melhor

desempenho.” Para o professor, o mercado pode ser dividido em dois setores: os tomadores de recursos, grupos cujas despesas são maiores que as receitas são as unidades

deficitárias, e os doadores de recursos, aqueles que mantêm as suas receitas acima das despesas. “É necessário um mercado especializado para mediar essa relação. Esse

mercado é conhecido como intermediação financeira.” Ele ainda abordou as diferenças entre diferença conceitual entre geração de renda e

criação de riqueza. Antes de encerrar, explicou a importância da matemática para planejar os investimentos e deu algumas dicas para uma boa gestão financeira, seja ela

doméstica ou empresarial.

Deixe uma resposta